Bibliotecas em Montreal

Saudações a todos.

Depois de ficar quase dois meses sem postar, resolvi escrever um artigo rápido sobre um recurso que eu descobri por acaso e está me ajudando bastante: a rede de bibliotecas em Montreal.

Explico: mudei no começo deste mês e ainda estou sem Internet em casa: aparentemente, o dia da mudança (1º de julho) e a rentrée scolaire (começo de setembro) são os piores períodos para solicitar esse tipo de serviço, devido à grande demanda.

As bibliotecas no Quebec não são nada parecidas com o que estamos acostumados no Brasil. Além de livros, você pode encontrar CDs de música, DVDs de filmes, jornais, revistas (inclusive histórias em quadrinhos e mangas), jogos de videogame, programas para computador e uma infinidade de outros artigos. Como se não bastasse, existem computadores disponíveis para você utilizar a Internet livremente, mas você pode trazer o seu próprio notebook (ou mesmo um tablet, ou telefone inteligente) e utilizar através da rede sem fio.

Bibliotheque Plateau Mont Royal, aonde eu costumo ir todas as manhãs para ler e responder meus e-mails.

Em Montreal, existem 2 conjuntos de bibliotecas públicas:

  • Bibliothèques Montreal: conjunto municipal de bibliotecas, existem diversas unidades espalhadas pela cidade. Nem todas as bibliotecas tem todos os tipos de material, mas você pode consultar o acervo pela Internet e solicitar a entrega na unidade mais próxima da sua casa.
  • Bibliothèque et Archives Nationales du Québec: é administrada pelo governo provincial e fica no Metro Berri-UQAM (existe inclusive uma passagem direta do metro para a biblioteca). A BAnQ possui um acervo enorme distribuído em seus seis andares, com destaque para a excelente coleção de livros técnicos de informática. Seu acervo pode ser consultado aqui.

Para fazer a sua inscrição, tudo o que você precisa é um documento de identidade (por exemplo, o cartão de residente permanente ou o cartão da assurance maladie) e uma prova de residência (pode ser uma conta de luz da Hydro-Québec, mas o bail não serve). É rápido, gratuito, a carteirinha sai na hora e você pode fazer empréstimos do acervo no mesmo dia.

Uma última dica. Se você tem um telefone Android e usa o transporte público em Montreal, você pode consultar os itinerários e os horários da rede de ônibus e metrô com o MonTransit. De quebra, ele também indica a localização e a disponibilidade das estações Bixi mais próximas.

Por enquanto é isso. Até a próxima.

Atualização: descobri que é possível devolver o material retirado na BAnQ na biblioteca da rede da cidade de Montreal (em Quebec também) mais próxima da sua casa.