Emprego no Quebec – Parte III: Empreendedorismo

Dependendo do objetivo de vida e do perfil de cada um, trabalhar em uma empresa não é a primeira escolha. Algumas pessoas precisam ter o seu próprio negócio e sentir que estão construindo algo para si próprias. Felizmente aqui, no Canadá, existem organismos financiados pelo governo cujo objetivo é acolher e ajudar essas pessoas a serem bem-sucedidas.

Para alguns, pode ser questionável o bom senso em se abrir uma nova empresa quando se é um imigrante recém-chegado. Ainda que não faça parte dos meus objetivos de vida, eu acredito que o melhor momento para um imigrante começar seu próprio negócio é justamente ao chegar ao seu novo país.

Empreendorismo

Antes de mais nada, imigrar é uma mudança de vida que implica em viver aspirações novas e mais elevadas. Se o sonho de alguém é iniciar uma empresa, qual o melhor momento de fazê-lo do que quando essa pessoa está desempregada mas tem economias suficientes para se manter ao mesmo tempo que está cheia de energia, motivação, tempo e vontade de aprender? Muitos imigrantes que se instalaram no Brasil seguiram exatamente esse caminho e foram muito bem-sucedidos, como Johannes Gerdau e Senor Abravanel.

Como eu nunca tive a pretensão de seguir por esse caminho, não me preocupei em reunir nenhum material específico sobre o assunto. Entretanto, um casal venezuelano que fez inglês comigo na Maison de l’Amitie gentilmente compartilhou comigo alguns links, que eu vou repassar para vocês:

  • Ça passe ou ça casse: série web produzida pelo Jobboom.com sobre os desafios das start-ups de tecnologia gravado no formado de reality show. Eu não sei dizer se os vídeos estão geobloqueados, mas quem estiver tendo dificuldades, pode tentar assistir a série através do canal YouTube do Joboom.
  • Chambre de commerce du Montréal métropolitain: a câmera de comércio de Montreal oferece diversos cursos para empreendedores, com descontos de até 50% para os membros. Além disso, oferece também atividades de aconselhamento e réseautage. O casal venezuelano sobre o qual falei participava de uma formação sobre o mercado canadense e elogiaram bastante.
  • SAJE: organismo que trabalha em parceria com o Emploi-Québec no acompanhamento de empreendedores desde o plano de negócio até os primeiros passos após abrir uma empresa. O SAJE oferece diversos serviços interessantes, incluindo um guia de informação focado no público imigrante.

Por enquanto é isso. Até a próxima.

Anúncios

Fórum Mundial da Língua Francesa – Québec 2012

Entre 2 e 6 de julho, acontecerá em Ville do Québec a edição 2012 do Fórum Mundial da Língua Francesa.

Promovido pela Organização Internacional da Francofonia, o evento tem como objetivo discutir o futuro da língua francesa através de quatro temáticas: economia, cultura, universo digital e diversidade.

Forum mondial de la langue française - Québec 2012

Forum mondial de la langue française – Québec 2012

Para quem já está no Canadá e se interessa pelo tema, o evento traz diversas atrações interessantes. Maiores informações podem ser obtidas no site do evento. Mais uma dica do Ricardo Daniel.

Opções para levar dinheiro ao Canadá

Saudações a todos!

Tirando o processo em si e a separação da família, nenhum aspecto da imigração é tão estressante quanto a questão financeira. Afinal de contas, no período de tempo entre deixar o antigo emprego no Brasil e encontrar um emprego no Canadá capaz de equilibrar suas contas (que não é necessariamente o primeiro emprego), o imigrante depende unicamente de suas economias para sobreviver.

Neste contexto, mesmo uma cotação R$ 0,01 faz uma grande diferença. Mesmo assim, existem poucos artigos e discussões sobre esse assunto, eu mesmo juntei alguns poucos fragmentos dos colegas de processo durante os anos que eu estou imigrando. Por isso mesmo, resolvi compartilhar esses fragmentos junto com as informações que eu mesmo recolhi. A ideia não é elaborar um guia completo, mas sim fornecer um ponto de partida para quem não sabe por onde começar.

Dolar Canadense Continuar lendo

Blog sem atualizações e médicos sem residência

Saudações a todos os amigos que acompanham o este blog, que não é atualizado há um certo tempo.

Em primeiro lugar, gostaria de me desculpar pela demora em atualizar o blog. A verdade é que eu estou passando por um momento delicado em minha vida pessoal.

Mudando um pouco de assunto, um colega da lista de discussão (Leandro) enviou um vídeo e um artigo sobre o problema de integração dos emigrantes ao mercado de trabalho quebequense, especialmente os que exercem profissões regulamentadas. Além de ser ótimo para ajustar as expectativas de cada um à níveis saudáveis, também serve para que cada um avalie o seu próprio nível de compreensão oral e escrita do francês.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

O artigo se chama “Immigrants qualifiés cherchent emploi” e pode ser visto neste link.