Passo-a-passo

Esse pequeno roteiro em 10 passos tem como objetivo ajudar quem está começando o processo de imigração e não tem ideia por onde começar:

  1. Conhecer melhor o Quebec e o Canadá
  2. Avaliar as suas chances de ser bem-sucedido no processo de seleção
  3. Aprender francês (e inglês)
  4. Obter o TCF Québec na Aliança Francesa
  5. Fazer o “Pedido de Certificado de Seleção”
  6. Passar pela entrevista no Escritório de Emigração
  7. Submeter a documentação para o Processo Federal
  8. Realizar e enviar os exames médicos
  9. Levar os passaportes à embaixada canadense e receber os vistos
  10. Comparecer ao posto do MICC ao chegar ao Canadá

Este segundo roteiro, ainda incompleto, é para todos aqueles que desejam fazer o processo de reunião familiar (para um cônjuge que esteja no Québec):

  1. Obter um visto de visitante (um visto de estudante ou ainda uma permissão temporária de trabalho também servem)
  2. Viajar até o Quebec
  3. Dar entrada no Processo Federal

7 respostas em “Passo-a-passo

  1. Oi! Meu marido também foi chamado depois de 4 anos e não entrei no processo com ele. Nos casamos e ele foi agora em agosto, entrou com o meu processo e eu aguardo aqui no Brasil. Estou trabalhando e vou tirar férias em novembro e pretendo visita-lo (está muito difícil vivermos separados). Vou tirar meu visto de turista, mas receio não me darem por ele estar lá. Sabe de algum caso assim? Tem algum despachante para indicar?
    Obrigada

    • Oi Cristiane, tudo bem?

      Você é a primeira pessoa que decide ficar ao invés de vir com o cônjuge e entrar com o processo estando aqui. Até aonde eu sei, o seu processo deve ser bem mais rápido do que o processo de quem faz estando aqui (embora tenha havido mudanças no processo de reunificação familiar, a prioridade continua para quem está fisicamente separado). De qualquer forma, seu processo não impede a sua demanda por um visto de turista, na realidade, provavelmente até ajuda.

      Sobre despachantes, eu não posso recomendar nenhum porque nunca usei os serviços de um. Sinceramente, eu acho dinheiro jogado fora: nós, brasileiros, estamos acostumados com mentalidade de “repartição pública”, aonde um servidor rejeita uma solicitação porque você preencheu um campo em um formulário de 20 páginas com letra de mão quando deveria ter usado letra de forma.

      Eu fiz eu mesmo o processo de imigração e de visto de turista meu e da minha esposa, para o Canadá e para os Estados Unidos; e nunca tive problemas. Lendo os formulários com atenção e consultando os documentos explicativos, você pode fazer tudo em menos de duas horas. A única vez que eu cometi um erro (esqueci de preencher um campo), o formulário foi enviado de volta pedindo correção e o processo continuou do mesmo ponto assim que eu reenviei. Em outras palavras, é bem tranquilo.

      Um abraço e boa sorte.

  2. oi Alexandre, vamos ver se eu entedi. Vc é residente permanente e está no Quebec, e depois vc acrescentou sua esposa, deu entrada no Quebec pra ela. Ela com visto de turista, e depois de quanto tempo a gente pode dar entrada. Eu estou te pergutando, porque vou fazer isso tb. Eu dei entrada no CSQ sozinha, e meu futuro marido vai como turista e de lá quero casar lá e dar entrada, mas sem voltar pro Brasil. Tem como então? Será que é mais rápido, mesmo porque sou enfermeira, e isso é considerado prioritária. abraços
    Raquel

    • Oi Raquel,

      Sim, foi assim que aconteceu. Inclusive, ela já recebeu a residência permanente, o processo todo levou 14 meses, mais ou menos.

      A respeito do seu processo, se você ainda não recebeu o seu CSQ, eu aconselho você a incluir o seu futuro marido no processo. Eu não fiz isso porque conheci a minha esposa depois que eu já havia recebido a residência permanente. No seu caso, ainda dá tempo.

      Não acho que incluir o seu marido vai alterar o tempo do processo normal. Por outro lado, se ele fizer o mesmo processo da minha esposa, significa que ele vai ter que ficar no Quebec durante toda a duração do processo, sem poder trabalhar ou estudar, e sem direito à assistência médica ou qualquer outro benefício social. Isso significa que quebrar uma perna ou braço pode tranquilamente gerar uma despesa de 30 mil dólares.

      Um grande abraço e boa sorte no processo de vocês.

  3. Sou canadense/brasileira e pretendo passar os próximos anos dividindo meu tempo entre o Rio e Montreal. Nasci e passei meus primeiros 25 anos em Montreal e depois me mudei para o Brasil em 1995. Sou tradutora pública e intérprete comercial matriculada na Junta do Estado do Rio, onde tenho uma empresa de tradução. Ultimamente tenho traduzido uma quantidade enorme de documentos pessoais e escolares para pessoas emigrando para o Canadá, assim como contratos de todos os tipos. Estou analisando a possibilidade de abrir uma filial em Montreal e gostaria de fazer contato com outros tradutores brasileiros em Montreal, saber se já existe algum outro tradutor público (português-inglês) exercendo a profissão em Montreal e se vocês acham que teria demanda para esse tipo de serviço. I would appreciate any information or suggestions you might have. Thank you!

    • Oi Stephanie, tudo bom?

      Existe sim demanda para esse tipo de servio, pois exigida a traduo oficial de diversos documentos: diplomas, grades curriculares, certides, etc. Sugiro que voc se afilie OTTIAQ para que seu trabalho possa ser utilizado nas tradues oficiais. No meu caso, a tradutora que fez os meus documentos foi a Maria Lcia ( http://ca.linkedin.com/pub/maria-lucia-tribuna/2b/502/849).

      Espero ter ajudado, boa sorte. Alexandre

    • OI, Stephanie
      Você me achou!
      Eu sou tradutora juramentada aqui no Canadá e gostaria de colaborar com você. Bom, em primeiro lugar, estamos com um probleminha aqui pois esses documentos traduzidos ai no Brasil não são válidos quando as pessoas chegam aqui no Canadá! Assim, proponho uma cooperação, se você estiver interessada.

Comente este artigo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s