As melhores universidades do mundo ao seu alcance

Enquanto o Brasil lamenta a penúltima posição em ranking sobre a educação em 40 países (dada a pouca importância que a educação tem para o governo brasileiro, seus eleitores deveriam estar satisfeitos pelo país não ter se saído pior do que a Indonésia), na América do Norte, a ascensão dos  MOOCs (Massive Online Open Courses – Cursos Abertos Online em Massa) tem ocupado as discussões recentes sobre o futuro da educação.

Se você já participou da Francisation en Ligne, o conceito do MOOC vai parecer bastante familiar: trata-se de um modelo de educação à distância que utiliza aulas compostas de apresentações e vídeos intercalados com questionários para reforçar os conceitos aprendidos e permitir que o aluno avalie o seu próprio progresso.

Dave Cormier

Dave Cormier, Gerente de Comunicação Web e Inovações na Universidade Prince Edward Island e um dos pais da expressão ‘MOOC’

Depois de ouvir muitas coisas boas à respeito desta forma de aprendizado, decidi experimentar e me inscrevi no curso de Introdução à Redes de Computadores oferecido gratuitamente pela Stanford, considerada uma das três melhores universidades em ciências da computação do mundo. Quando comecei, eu não tinha nenhuma expectativa além de praticar o meu inglês, mas a experiência foi muito além.Trabalho com redes de computadores há quase 15 anos e mesmo assim eu aprendi em 6 semanas de curso muita coisa nova. Os conceitos, a matemática e a teoria por trás das ferramentas que eu utilizo todos os dias foram revelados em um mês e meio de uma maneira que não aconteceu em 4 anos de faculdade no Brasil.

Pesquisando mais sobre o assunto, descobri que Stanford não estava sozinha nesta iniciativa: Berkeley, Harvard, MIT e outras grandes instituições também oferecem gratuitamente dezenas de cursos que podem ser acompanhados por estudantes em qualquer lugar do mundo. Os sites que oferecem estes cursos são conhecidos como plataformas: algumas vezes, uma plataforma oferece exclusivamente material de uma única instituição, outras vezes diversas instituições contribuem com material para uma plataforma e algumas instituições, como Stanford, trabalham simultaneamente em diversas plataformas.

Além da instituição responsável e a quantidade de cursos oferecidos, uma característica que varia de plataforma para plataforma é o grau de acesso ao professor responsável pela disciplina e se o curso pode ser feito em qualquer época ou depende do seu “oferecimento” por parte do professor responsável.

Segue abaixo uma lista com as principais plataformas disponíveis atualmente:

Além destas, existem ferramentas de aprendizado à distância que reúnem a maioria das características dos MOOCs mas não são consideradas plataformas no sentido estrito:

  • Codecademy: eu comentei sobre essa iniciativa no começo do ano. Desde então, o escopo foi ampliado para ensinar além de programação web, Python e Ruby.
  • Gamestar Mechanicsistema criado com o objetivo de ensinar crianças e adolescentes entre 7 e 14 anos design e desenvolvimento de jogos. Outra iniciativa semelhante é o Scratch, criado pelo MIT.
  • Khan Academy: criada por Salman Khan, conta com mais de 3600 vídeos em mais de 20 idiomas (incluindo português) sobre tópicos que vão desde astronomia à história da arte.
  • Udemy: sua principal característica é oferecer cursos não encontrados em outras plataformas, como Fotografia e Yoga. Alguns cursos são pagos, mas grande parte é disponível sem custo algum.

Se você é da área de tecnologia e ainda está em dúvida sobre a qualidade do material disponível, deixe que uma aula dada por Vint Cerf (um dos pais da internet) fale por si só (o vídeo tem legendas em inglês opcionais):

Antes de terminar este artigo, eu gostaria de anunciar uma pequena novidade: a abertura de uma conta no twitter para divulgar pequenos anúncios, como ofertas de emprego e outras dicas interessantes para quem está em Montreal. Não sei qual será a minha frequência nas postagens, mas minha intenção é divulgar todas as notícias interessantes que eu encontrar, uma vez que, os anúncios que serão divulgados não requerem um artigo no blog. Para quem não tem conta no twitter, é possível acompanhar as últimas postagens na coluna direita da página principal do blog.

Por enquanto é isso. Um abraço e até a próxima.

Atualização

Coincidência ou não, a Folha de São Paulo publicou uma série de reportagens sobre os MOOCs (apesar de não serem muito profundas e misturarem sistemas de ensino a distância com plataformas). Elas podem ser encontradas aqui, aqui e aqui.

Anúncios

4 respostas em “As melhores universidades do mundo ao seu alcance

  1. Otimo post, estou fazendo um curso que começou na semana passada no coursera, Think Again : How to Reason and Argue é o curso oferecido pela Universidade de Duke.

    Abs

    • Oi André, tudo bom?

      É muito legal ter a oportunidade fazer os cursos, especialmente alguns cursos que são oferecidos em poucos lugares no Brasil. Depois posta como foi a sua experiência, se for legal, eu vou me inscrever para a próxima sessão.

      Um abraço e boa semana.

  2. Bacana Alexandre! Eu só conhecia a Coursera, acabei de fazer o curso Human-Computer Interaction e também achei muito bom!
    Adorei as outras possibilidades. Vou ver se encontro algo para o meu noivo, que é analista de suporte!
    Abraço!

    • Oi Dea,

      Eu acho interessante a ideia porque atende uma demanda bem específica: pessoas que possuem algum conhecimento na área, mas precisam atualizar o complementar esse o que sabem e não tem tempo de frequentar uma universidade. Só isso já vale o esforço, mas o fato de que se trata de um certificado da Stanford (ou Harvard, ou MIT, etc.) é um incentivo legal, porque você sempre pode mencionar numa entrevista de emprego.

      Os cursos são bem puxados comparados à média das universidades brasileiras, e requerem auto-disciplina para procurar em livros ou na Internet a informação complementar. E é exatamente por isso que é uma experiência tão legal.

      Um abraço e boa semana.

Comente este artigo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s